Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Vereadores

Marcelo Nogaroli

  • Nome Completo : Marcelo dos Prazeres Nogaroli
  • Partido Atual: PMDB

Biografia do Vereador

Marcelo Nogaroli: veia política e tradição familiar

■ Aos 41 anos de idade, o vereador Marcelo dos Prazeres Nogaroli (PMDB) já tem intimidade com a política e viu a ação social começar a partir da própria casa. Filho do ex-prefeito Orlando Nogaroli e da ex-vereadora Oleias Nogaroli, família tradicional peemedebista, Marcelo cresceu em meio às articulações, captações de recursos e busca pela melhor qualidade de vida da comunidade como um todo. Nascido em 11 de janeiro de 1976, em Morretes, no Paraná, e criado em Barra Velha, para onde a família mudou-se em 1983, Marcelo vive o cotidiano da cidade desde os seis anos de idade.

■ A família mudou-se para cá quando Orlando, o pai, assumiu a gerência do extinto Banco Mercantil de São Paulo, e logo os Nogaroli integraram-se ao dia-a-dia da sociedade em geral e da política. Marcelo, casado com Ana Paula Zimmermann Nogaroli e pai de Matheus, estudou inicialmente na Escola de Educação Básica Conselheiro Astrogildo Odon Aguiar, no centro, e depois em Itajaí, no Colégio de Aplicação da Univali (CAU).

■ Na mesma universidade, em Itajaí, Marcelo entrou e formou-se em Administração, curso que fez entre 1993 a 1998. Há 14 anos, Marcelo é comerciante, inicialmente do ramo de combustíveis, e depois, no mercado imobiliário – atua como corretor desde 2012. Em 2014, Marcelo teve a primeira experiência com a vida pública, pois trabalhou na Secretaria de Infraestrutura do Estado de Santa Catarina (Seinfra), a convite de Valdir Cobalchini.

■ No PMDB de Barra Velha, a partir dos anos 2000, Marcelo atuou em várias posições no diretório local – foi presidente, depois vice-presidente e agora é tesoureiro da agremiação partidária. Com essas atribuições, Marcelo acompanhou de perto a assessoria e atuação dos deputados peemedebistas que mais auxiliaram Barra Velha com recursos públicos nas últimas décadas: Mauro Mauriani (federal), Carlos Chiodini e Antônio Aguiar (estaduais).

■ O parlamentar faz questão de lembrar que somente com a atuação de Chiodini junto à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Barra Velha está recebendo R$ 2 milhões para a obra da fixação do Rio Itapocu (Boca-da-barra). “Sem falar em verbas diversas destinadas à saúde, ao transporte escolar, etc.”, enumera o vereador.

■ Marcelo decidiu disputar uma cadeira na Câmara de Vereadores pela primeira vez em 2012, quando somou 415 votos, ficando na primeira suplência – faltaram, na ocasião, apenas quatro votos para garantir a cadeira. Marcelo persistiu, e quatro anos depois, somou 576 votos – 161 a mais do que no pleito anterior – e atingindo a sétima colocação entre os mais votados. Hoje, é o primeiro secretário da mesa diretora do Legislativo.

■ O vereador deixa à disposição da comunidade o fone de seu gabinete, o (47) 3446.7800, ramal 829, e o e-mail ver.marcelo@camarabarravelha.sc.gov.br.

 

2017 - 2020
  • Coligação: PP / PMDB / PRB / PTC / PSDB / PEN / PT